Pesquisa aponta diferença no preço de produtos do material escolar superior a 100%

16/02/2022 11:28
Helena Rocha / PMPA
DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO
Foram pesquisados os valores de 34 itens, em uma amostra de quatro estabelecimentos da Capital

Em semana de retorno às aulas, o Procon Porto Alegre fez nova pesquisa do material escolar, conferindo os valores de 34 itens em uma amostra de quatro estabelecimentos da Capital. O levantamento ocorreu de 8 a 15 de fevereiro.

Na média, as maiores diferenças de valor chegam a 115%. O produto com maior contraste de preço é a caneta esferográfica ponta grossa azul: em uma loja, chega a custar 382% mais do que em outra.

Mesmo com a proximidade do ano letivo, os dados indicam uma estabilidade dos preços em relação à pesquisa anterior, feita durante o mês de janeiro. "O nosso objetivo é dar ao consumidor as melhores informações para que ele possa gastar menos e ter seus interesses plenamente atendidos tanto na compra, quanto no pós-compra", enfatizou o diretor do Procon de Porto Alegre Professor Wambert Di Lorenzo.

Clique aqui e acesse o conteúdo da pesquisa de preços.

Dicas - O Procon Porto Alegre aponta dicas importantes para economizar com material escolar:

- Reaproveitar o que for possível do material utilizado no ano anterior;

- Investir na qualidade e durabilidade dos artigos;

- Optar por livros usados;

- Na hora da compra, deixar as crianças em casa;

- Priorizar itens simples, sem personagens ou marcas licenciadas.

Denúncias devem ser feitas pelo aplicativo 156 ou pelo site proconpoa.rs.gov.br.


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Vinícius Sinott

Andrea Brasil

Acompanhe a prefeitura nas redes