Porto Alegre tem maior coeficiente de mortalidade por Aids do país

01/12/2021 14:34
Cristine Rochol/PMPA
SMS
Ação leva testes rápidos de ISTs a trabalhadores do transporte nesta quarta-feira

Porto Alegre √© a capital com maior coeficiente de mortalidade por Aids do pa√≠s em 2020, com 24,1 √≥bitos por 100 mil habitantes, e maior taxa de detec√ß√£o de gestantes com HIV (17,1 casos por 1 mil¬†nascidos vivos). Tamb√©m √© a segunda capital com maior taxa de detec√ß√£o por Aids, perdendo apenas para a capital do Amazonas, Manaus: em 2020, foram 41,9 casos de Aids por 100 mil habitantes. Os dados s√£o do boletim epidemiol√≥gico divulgado pelo Minist√©rio da Sa√ļde na manh√£ desta quarta-feira, 1¬ļ, Dia Mundial de Combate √† Aids.

No ano passado, Porto Alegre apresentou duas vezes mais casos de Aids que o Rio Grande do Sul e três vezes mais que o Brasil; duas vezes mais casos de gestantes HIV do que o Estado e seis vezes mais que o Brasil; três vezes mais óbitos por Aids do que o Rio Grande do Sul e seis vezes mais que o Brasil.

Conforme a enfermeira Fernanda Vaz Dorneles, coordenadora do N√ļcleo de Doen√ßas Transmiss√≠veis Cr√īnicas da Diretoria de Vigil√Ęncia em Sa√ļde, a preven√ß√£o passa pela testagem, estimulando que cada um saiba sua situa√ß√£o sorol√≥gica. ‚ÄúSexo seguro n√£o √© aquele apenas¬†com o uso de preservativos, mas sobretudo √© aquele no qual as pessoas conhecem sua situa√ß√£o sorol√≥gica. Al√©m disso, a preven√ß√£o combinada, com a oferta das profilaxias pr√© e p√≥s-exposi√ß√£o, garante acesso a medicamentos antirretrovirais para prevenir a infec√ß√£o por HIV‚ÄĚ, explica.

Com rela√ß√£o ao v√≠rus HIV, a Secretaria Municipal de Sa√ļde (SMS)¬†oferece tratamento a pessoas diagnosticadas desde 2014, e n√£o apenas em casos de Aids. Testes para detec√ß√£o do HIV e demais infec√ß√Ķes sexualmente transmiss√≠veis, como s√≠filis e hepatites B e C, orienta√ß√Ķes e acesso a preservativos est√£o dispon√≠veis nas 133 unidades de sa√ļde da cidade (veja a lista de postos) e no Servi√ßo de Atendimento Especializado Santa Marta (rua Capit√£o Montanha, 27, Centro Hist√≥rico). As profilaxias pr√© e p√≥s-exposi√ß√£o est√£o dispon√≠veis no SAE Santa Marta, no SAE IAPI (rua Tr√™s de Abril, 90, Passo d‚ÄôAreia) e no SAE Vila dos Comerci√°rios (rua Moab Caldas, 400, Santa Tereza).

Dados 2020

PORTO ALEGRE:
41,9 casos de Aids/100 mil habitantes 
17,1 casos de gestante HIV/1.000 nascidos vivos
24,1 casos de óbito por Aids/100 mil habitantes

RIO GRANDE DO SUL:
21,8 casos de Aids/100 mil habitantes 
8,1 casos de gestante HIV/1.000 nascidos vivos
7,2 casos de óbito por Aids/100 mil habitantes.

BRASIL:
14,1 casos de Aids/100 mil habitantes 
2,7 casos de gestante HIV/1.000 nascidos vivos
4,0 casos de óbito por Aids/100 mil habitantes.

Em 2020, Porto Alegre apresentou:
‚úĒ 2 vezes mais casos de Aids que o RS e 3 vezes mais que o Brasil.
‚úĒ 2 vezes mais casos de gestante HIV do que o RS e 6 vezes mais que o Brasil¬†
‚úĒ 3 vezes mais √≥bitos por Aids do que o RS e 6 vezes mais que o Brasil

Fonte:¬†Boletim Epidemiol√≥gico HIV/Minist√©rio da Sa√ļde

Vanessa Conte

Gilmar Martins