Artigo: Porto Alegre verde

24/04/2023 08:39

Desde o ano passado, a Prefeitura de Porto Alegre vem dedicando aten√ß√£o especial √†s suas extensas √°reas verdes. H√° cerca de 700 espa√ßos entre pra√ßas e parques, sendo que mais de 250 j√° contam com prefeitos nomeados. Estes volunt√°rios v√™m prestando um servi√ßo de grande relev√Ęncia √† cidade.

Al√©m das pra√ßas e dos parques, existe um decreto municipal que prev√™ o est√≠mulo √† cria√ß√£o de hortas urbanas comunit√°rias em √°reas prop√≠cias da Capital. As hortas devem ser de uso p√ļblico assegurando o cultivo e a colheita da comunidade. Duas j√° foram legalizadas: uma no bairro Restinga e a outra no bairro Santana. Est√° aberto processo para uma terceira proposta, que fica no bairro Bel√©m Novo. Outras est√£o em processo de regulariza√ß√£o.

Porto Alegre √© uma das capitais mais verdes do Pa√≠s com 82,7% preenchida por √°rvores. Tamb√©m possui a quarta maior √°rea rural. Boa parte da popula√ß√£o talvez n√£o conhe√ßa, mas, na zona Sul, h√° muitas propriedades onde s√£o plantados diversos produtos de hortifr√ļti com uma variedade de verduras hortali√ßas e frutas como ameixas, uvas e p√™ssegos. H√° muitos espa√ßos ociosos em todo munic√≠pio que podem servir para a cria√ß√£o desses canteiros para a produ√ß√£o de alimentos e com uma ocupa√ß√£o positiva.

Com a recente estiagem que tivemos no √ļltimo ver√£o, e, consequentemente a eleva√ß√£o do custo da cesta b√°sica, torna-se ainda mais importante o envolvimento das diversas comunidades porto-alegrenses nesse projeto das hortas urbanas. Al√©m do fator econ√īmico, a execu√ß√£o √© capaz de produzir outros efeitos como uma maior integra√ß√£o e solidariedade na comunidade, al√©m de despertar a conscientiza√ß√£o das quest√Ķes ambientais, pois √© abrangente e pode envolver pessoas de todas as idades para o mesmo fim.¬†

Assim, Porto Alegre continua melhorando a sua qualidade de vida, e ampliando a sustentabilidade, pois praças e parques bem cuidados e as áreas, muitas vezes degradadas, servindo de canteiros para a produção de alimentos e ervas medicinal são elementos fundamentais para que a nossa Capital permaneça sendo uma das mais verdes do Brasil. Isto é qualidade de vida.

Regina Maria de Oliveira Machado
Gerente dos Prefeitos de Praça

Artigo publicado na edição de 24 de abril do Jornal do Comércio  

 

Cristiano Vieira