Trecho de ciclovia da Ipiranga é reaberto

23/01/2024 08:13
Gustavo Roth / EPTC / PMPA
Mobilidade Urbana
Protocolo de segurança prevê o fechamento do itinerário em caso de alerta emitido pela Defesa Civil

O trecho da ciclovia na avenida Ipiranga, entre as avenidas Edvaldo Pereira Paiva e João Pessoa, foi reaberto nesta terça-feira, 23. Os técnicos da Secretaria de Mobilidade Urbana (SMMU) vistoriaram a ciclovia na segunda-feira e constaram não haver alteração visível na estrutura. O trecho estava fechado desde terça passada, devido ao protocolo de alerta da Defesa Civil Municipal. 

“Identificamos que o trecho está seguro, mas é importante que os usuários da mobilidade ativa respeitem a sinalização e as orientações para garantir a segurança de todos que transitam por este espaço”, destacou o secretário adjunto de Mobilidade Urbana, Matheus Ayres.

Durante a manhã, a equipe da Escola Pública de Mobilidade da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) realiza uma ação educativa com o intuito de orientar os ciclistas sobre o uso correto do espaço, a importância da percepção dos riscos e do autocuidado no trânsito, assim como da utilização correta dos equipamentos de proteção individual (EPIs).

Protocolo - Quando houver alertas emitidos pela Defesa Civil Municipal, o trecho será novamente fechado com gradis por equipes da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), sendo reaberto após melhoria das condições climáticas.

Alternativa - Na parte reaberta, há uma inversão da ciclovia no ponto da Érico Veríssimo com a Ipiranga. Neste local, a orientação para os ciclistas é a utilização da Ipiranga no sentido bairro/centro, fazendo o contorno e retornando para a ciclovia no traçado já existente.

Nos trechos em que permanece a interdição, a orientação para os ciclistas é utilizar o passeio compartilhado com pedestres. Em caráter emergencial, as bicicletas podem trafegar pelas ruas adjacentes, como Princesa Isabel, São Manoel e Felipe de Oliveira, no bordo da via.

Força tarefa - Desde setembro de 2023, foi criada uma força-tarefa para monitorar o impacto da chuva no Arroio Dilúvio em toda extensão da avenida Ipiranga. Integram o grupo representantes da Secretaria de Mobilidade Urbana (SMMU), da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Secretaria de Obras e Infraestrutura (Smoi), Secretaria de Meio Ambiente, Urbanismo e Sustentabilidade de (Smamus), Secretaria de Serviços Urbanos (SMSURB) e do Departamento Municipal de Águas e Esgotos (Dmae).

Relatório – Duas empresas contratadas pelo Dmae para avaliar a infraestrutura dos taludes apresentaram um relatório, ainda não definitivo, das inspeções realizadas em ambos os lados da avenida Ipiranga. O material está em fase de análise pelos técnicos. Enquanto isto, o Dmae recupera o talude em frente ao Parque Esportivo da Pucrs, próximo da Cristiano Fischer. Está em fase de projeto também a reconstrução dos trechos na altura do Planetário e da Silva Só. Após, será aberta licitação para contratar empresa que irá executar a obra.

 

 

Caroline Callai (estagiária) / Supervisão: Gustavo Roth

Cristiano Vieira