Prefeitura bate novo recorde e recupera R$ 360 milhões em 2021

17/01/2022 10:50

A recuperação da dívida ativa apresentou crescimento de 57,8% em 2021, totalizando R$ 360,3 milhões, um novo recorde frente aos R$ 228 milhões arrecadados em 2020. Impulsionado pelo sucesso do RecuperaPOA, foram reembolsados 16% do total da dívida ativa tributária, que encerrou o ano passado em R$ 2,2 bilhões.

"Os resultados obtidos são muito importantes para darmos seguimento ao processo de transformação de Porto Alegre que pode ser visto nas ruas, queremos uma cidade cada vez mais bonita, que preste serviços cada vez mais eficientes aos nossos cidadãos”, afirma o secretário municipal da Fazenda, Rodrigo Fantinel.

A Capital permanece se destacando no cenário nacional pela efetividade das ações de cobrança coordenadas pela Receita Municipal. Conforme o superintendente da Receita Municipal, Christian Fouchard, a receita disponibiliza canais de atendimento remoto que facilitam a vida de quem quer colocar suas contas em dia. "O contribuinte pode parcelar seus débitos sem sair de casa, e até mesmo encaminhar a negociação por meio do WhatsApp, de forma simples e prática. Isso resulta em maior arrecadação”, afirmou.

A carteira de parcelamentos da Receita Municipal também bateu recorde e totalizou R$ 346 milhões, contendo 58 mil parcelamentos ativos. O titular da pasta ressalta que é fundamental que os contribuintes mantenham em dia seus parcelamentos, pois caso voltem a se tornar inadimplentes perderão os descontos obtidos no RecuperaPOA.

Ações - Para o ano de 2022, as ações de cobrança serão reforçadas ainda mais. Os contribuintes que não aderiram ao RecuperaPOA serão contatados e receberão propostas de parcelamento de suas dívidas, e caso não as negociem, poderão ser encaminhados para protesto extrajudicial, incluídos em cadastros de proteção ao crédito e cobrados judicialmente.

Adriana Ferrás

Lissandra Mendonça