Operação Balada Segura flagra racha no Moinhos de Vento

25/08/2022 12:47
Divulgação / EPTC / PMPA
Mobilidade Urbana
Condutor de um Ford Fiesta tentou escapar e, durante a fuga, se envolveu em acidente na rua 24 de Outubro

A fiscalização da Balada Segura flagrou um racha na avenida Goethe, no início da madrugada desta quinta-feira, 25. Os condutores dos veículos Volkswagen CC 3.6 e Honda Civic Touring, de 53 e 40 anos, foram autuados por disputar corrida em via pública, uma infração gravíssima, com penalidade de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), multa de R$ 2.934,70, suspensão do direito de dirigir e recolhimento do veículo (artigo 173 do Código de Trânsito Brasileiro).

A conduta abusiva de velocidade incompatível com a segurança da via, o que gera perigo de dano, é tratada como crime de trânsito e será encaminhada à Divisão de Crimes de Trânsito da Polícia Civil (DTC), o que pode resultar em uma pena com detenção de seis meses a um ano, ou ainda em uma transação penal em benefício da comunidade (artigo 311 do CTB).

Na ação do DetranRS, integrada com a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) e o Departamento Estadual de Polícia Judiciária de Trânsito (DPTRAN) da Polícia Civil, em que foram realizadas 56 abordagens, o condutor de um Ford Fiesta tentou escapar e, durante a fuga, se envolveu em acidente na rua 24 de Outubro, próximo do Dmae. O motorista, que foi detido e encaminhado ao DPTRAN, teve o veículo apreendido e o direito de dirigir suspenso. Ele vai responder por embriaguez, manobra perigosa, conduzir em marcha ré durante a fuga e por ameaçar pedestres e veículos na via pública, o que resulta em multa de R$ 6.358,10 e 26 pontos na CNH.

Como resultado da operação, oito motoristas foram autuados por recusar o teste do etilômetro (artigo 165-A do CTB), infração gravíssima, que resulta em sete pontos e recolhimento da CNH, suspensão do direito de dirigir por 12 meses e retenção do veículo caso não apresente condutor habilitado no local da infração. Foram identificados dois condutores com problemas na habilitação, sendo um sem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e outro com documento suspenso, e recolhidos 10 veículos que representavam perigo à circulação, cinco CNH e um Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLVs) por diversas irregularidades. 

No primeiro semestre do ano, nas operações Balada Segura da EPTC, 2367 condutores realizaram o teste do etilômetro com resultado 0% de álcool, enquanto 37 foram flagrados acima do limite permitido e 283 recusaram o teste, o que mostra o respeito e a conscientização da maioria da população. "A Balada Segura tem como objetivo garantir a segurança viária e coibir o consumo de álcool pelos condutores, pois este fator de risco está presente em mais da metade dos acidentes com mortes em todo o mundo", destaca o gerente de Fiscalização de Trânsito da EPTC, Leandro Coelho.

A fiscalização de forma sistemática e contínua em locais com riscos e registros de acidentes, junto com a educação e a engenharia de tráfego, é uma das ferramentas utilizadas para coibir excessos e reduzir o número de vítimas no trânsito da Capital.

Gustavo Roth

Andrea Brasil

Acompanhe a prefeitura nas redes