Saúde

Vacinas

ATENÇÃO: para Campanha Nacional Contra Poliomelite e de Multivacinação, levar a Carteira de Vacinação ou Caderneta de Saúde da Criança. 

Multivacinação e Poliomelite

Público-alvo: crianças e adolescentes menores de 15 anos. 

Vacinas disponíveis:

  • BCG
  • Dupla bacteriana (difteria e tétano)
  • Febre amarela
  • Hepatite A
  • Hepatite B
  • HPV (papiloma vírus humano)
  • Meningocócica ACWY
  • Meningocócica C
  • Pentavalente (difteria, tétano, coqueluche, haemophilus influenzae B, hepatite B)
  • Poliomielite inativada (VIP)
  • Poliomielite atenuada "gotinhas" (VOP)
  • Pneumocócica 10 valente
  • Rotavírus
  • Tríplice bacteriana (difteria, tétano e coqueluche)
  • Tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola)
  • Varicela

 

Poliomelite

Público-alvo: crianças de 1 anos a menores de 5 anos que tenham recebido as 3 doses de VIP (poliomielite inativada). 

Objetivo: vacinar 95%  das crianças da faixa etária (61783) com as gotinhas contra Poliomielite para evitar a reintrodução da doença no Brasil.

 

Vacina BCG

O esquema vacinal da BCG é em dose única, ainda nos primeiros dias de vida, mas pode ser aplicada até 4 anos, 11 meses e 29 dias caso a criança não seja vacinada na maternidade. 

Disponível em todas as maternidades que atendem pelo SUS de Porto Alegre, além de quatro unidades de saúde:

US Modelo – Atendimento às terças e quartas-feiras, das 9h às 14h30 (demanda espontânea)
US Beco do Adelar – Atendimento às segundas e quintas-feiras, das 9h às 15h (demanda espontânea)
US Navegantes – Mediante agendamento
US Bananeiras – Mediante agendamento

Vacina Gripe

A campanha de vacinação da gripe de 2022 teve início dia 4 de abril. No dia 5 de junho, foi aberta para toda a população a partir dos seis meses de idade.

Pontos de Vacinação: Acesse aqui os locais de vacinação contra a gripe

Crianças de 5 a 11 anos de idade deverão aguardar um período de 15 dias entre a vacina Covid-19 e Influenza. Na população a partir de 12 anos de idade, as vacinas covid-19 poderão ser administradas de maneira simultânea ou com qualquer intervalo com as demais vacinas do Calendário Nacional de Vacinação.

Considerando que tanto a Covid-19 quanto a gripe são doenças respiratórias, é importante aumentar a cobertura vacinal para diminuir o risco de transmissão viral.

Vacina Pentavalente

A vacina pentavalente está com estoque baixo na rede pública, podendo haver falta no abastecimento em algumas Unidades de Saúde. 

Vacina Pneumonia

Para receber a Vacina Pneumo 23, vacina da pneumonia pneumocócica para adultos, o Paciente  necessita apresentar receita médica.

Disponível nos Centros de Referência em Imunobiológicos (CRIES): para adultos no Sanatório Partenon, de segunda a sexta-feira das 8h às 15h, na Rua Bento Gonçalves, 3722 - telefone 3901-1380, 3901-1400; para adultos e idosos no Hospital Presidente Vargas, de segunda a sexta-feira das 8h às 14h, Rua Independência, 661 - 6º andar - telefone 3289-3019.  

 

Vacina Sarampo

A vacina contra o sarampo permanece à disposição da população, uma vez que integra o calendário oficial do Programa Nacional de Imunizações (PNI), sendo oferecida via Sistema Único de Saúde (SUS).

A recomendação é de que a população em geral, dos 12 meses até os 29 anos, tenha duas doses da vacina Tríplice Viral. Para o grupo entre 30 a 59 anos, é necessária uma dose da vacina.

Crianças fazem a primeira dose aos 12 meses, e a segunda, aos 15 meses. Profissionais de saúde devem ter duas doses durante a vida, independentemente da idade.

A recomendação é de que as pessoas que vão viajar para os locais com circulação ativa do vírus tenham esquema completo de vacinação registrado em carteira de vacinação.

Na dúvida, a orientação é comparecer a uma unidade de saúde para verificar o esquema vacinal e atualizá-lo, caso necessário.

A vacina tríplice viral pode ser administrada simultaneamente ou com qualquer intervalo com a vacina influenza a partir dos seis meses de idade. Para os trabalhadores da saúde, pode haver coadministração das vacinas tríplice viral e Covid-19, conforme recomendação do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 (12ª edição).

Vacina, Soro e Imunoglobulina Antirrábica

Em caso de acidente ou mordedura busque sua Unidade de Saúde ou Pronto Atendimento para ser avaliada a necessidade de soro ou vacina.

Vacinas  
US Modelo - Segunda a sexta-feira das 08h às 12h, das 13h às 17h e das 18h às 21h30min - Rua Jerônimo de Ornellas, 55 - Fone 3289-2555
US Tristeza - Segunda, quarta e sexta-feira das 8h à 14h - Rua Wenceslau Escobar, 2442 - Fone: 3268-8703 

Soros e imunoglobulinas antirrábicas (conforme avaliação médica) 
Para Crianças na emergência o Hospital Materno Infantil Presidente Vargas, 24 horas todos os dias na emergência ou CRIE (6º andar) - Av. Independência, 661 - Fone: 3289-3000 ou 3289-3019.
Para adolescentes e adultos no Hospital Pronto Socorro, de segunda à sexta das 8h às 13h - Largo Teodoro Herzl, s/nº. Fone: 3289-7602.
 

 

As vacinas são realizadas nas Unidades de Saúde de acordo com o Calendário de Vacinação.

Estão disponíveis para crianças, adolescentes, adultos e idosos. Não é necessário agendamento para realizar as vacinas. Acesse a unidade de saúde mais próxima (clique aqui) e saiba o horário de funcionamento.

 

Requisitos / Documentos necessários

É necessário apresentar documento de identificação. Procure sempre levar a Carteira de Vacinação ou Caderneta de Saúde da Criança. 

 

Principais Etapas do Serviço

Não necessita de agendamento prévio. Acesse a Unidade de Saúde mais próxima (clique aqui)

 

Previsão de Prazo para Realização do Serviço

Prazo estimado de 30 minutos, dependendo da quantidade de pessoas aguardando.

 

Formas de Prestação de Serviço

Vacinação disponível em todas as Unidades de Saúde que possuem sala de vacinas ativa, não sendo necessário pertencer ao território da Unidade. Confira acima os casos específicos para algumas vacinas e campanhas.

Atualizado em
06/07/2022