Conteúdos relacionados a: dengue

Casos de dengue somam 51 em Porto Alegre neste ano

Os casos estão distribuídos em 29 bairros: Auxiliadora, Azenha, Bela Vista, Bom Fim, Centro Histórico, Cristal, Guarujá, Higienópolis, Hípica, Jardim Lindóia, Lami, Lomba do Pinheiro, Mário Quintana, Morro Santana, Medianeira, Parque Santa Fé, Partenon, Passo D’Areia, Petrópolis, Ponta Grossa, Restinga, Rubem Berta, São João, São José, Santa Tereza, Sarandi, Tristeza, Vila Ipiranga, Vila Nova.
08/02/2024 15:31

Porto Alegre contabiliza 51 casos de dengue neste ano. Do total, 31 foram contraídos na cidade (casos autóctones), 13 são importados (infecção fora da cidade) e sete não têm local de infecção determinado. O total de casos suspeitos notificados à Equipe de Vigilância de Doenças Transmissíveis chega a 911 no período. Em 2023, no mesmo período, foram 95 notificações e cinco casos confirmados.

Os dados estão no boletim epidemiológico publicado nesta quinta-feira, 8, pela Diretoria de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde. 

A publicação apresenta informações cumulativas até a semana epidemiológica 5 de 2024 (dados de 31/12/2023 a 03/02/2024). 

Dos casos confirmados, a faixa etária dos 41 a 50 anos está com a maior proporção (27,4%), e 51% dos pacientes são do sexo masculino. Os principais sintomas relatados pelos doentes foram febre (84,3%), mialgia (dor no corpo), com 80,3% e cefaleia (dor de cabeça), com 76,4%. 

Os casos estão distribuídos em 29 bairros: Auxiliadora, Azenha, Bela Vista, Bom Fim, Centro Histórico, Cristal, Guarujá, Higienópolis, Hípica, Jardim Lindoia, Lami, Lomba do Pinheiro, Mário Quintana, Morro Santana, Medianeira, Parque Santa Fé, Partenon, Passo D’Areia, Petrópolis, Ponta Grossa, Restinga, Rubem Berta, São João, São José, Santa Tereza, Sarandi, Tristeza, Vila Ipiranga, Vila Nova.

O Boletim Epidemiológico é uma publicação prevista no Plano de Contingência da Dengue, Zika e Chikungunya da SMS (link https://bit.ly/planocontingDZC), com periodicidade quinzenal quando acionado o Nível 2 de Resposta do Plano (infestação vetorial alta somada à ocorrência de casos acima do limite superior esperado para o momento). O nível de resposta atual é o Nível 2.

Em relação à infestação vetorial, a SE 5 registrou índice crítico, com alta infestação em 42 dos 46 bairros monitorados com armadilhas. Acompanhe a situação dos bairros.

Porto Alegre registra 15 casos de dengue no início de 2024

Dados são parciais. Dos 15 casos, 12 são autóctones - contraídos em Porto Alegre - e três são importados. Em 2023, no mesmo período, foram quatro os casos de dengue confirmados na cidade.
26/01/2024 17:45

Porto Alegre contabiliza 15 casos de dengue neste ano, dos quais 12 foram contraídos na cidade (casos autóctones). Os dados estão no boletim epidemiológico publicado nesta sexta-feira, 26, pela Diretoria de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde. A publicação apresenta informações cumulativas até a semana epidemiológica 3 de 2024 (dados de 31/12/2023 a 20/01/2024). O total de casos suspeitos notificados à Equipe de Vigilância de Doenças Transmissíveis chega a 394 no período.

Dos casos confirmados, oito estão na faixa etária dos 41 a 50 anos e 53% dos pacientes são do sexo feminino. Os principais sintomas (em 73% dos casos) relatados pelos doentes foram febre, mialgia (dor no corpo) e cefaleia (dor de cabeça). Os casos estão distribuídos em 13 bairros: Restinga, Lami, Tristeza, Cristal, Vila Nova, Centro Histórico, Bom Fim, Azenha, Petrópolis, Vila Ipiranga, Morro Santana, Passo D’Areia e São João.

Os dados apresentados no Boletim 2/24 - com o balanço de 2023 - indicam aumento relevante de notificações em relação ao ano passado, quando foram 65 suspeitas notificadas à EVDT, com quatro casos confirmados no mesmo período.

O Boletim Epidemiológico é uma publicação prevista no Plano de Contingência da Dengue, Zika e Chikungunya da SMS (link https://bit.ly/planocontingDZC), com periodicidade quinzenal quando acionado o Nível 2 de Resposta do Plano (infestação vetorial alta somada à ocorrência de casos acima do limite superior esperado para o momento). O nível de resposta atual é o Nível 2.

Em relação à infestação vetorial, a SE 3 (de 14 a 20/1) registrou índice de alerta. O monitoramento foi prejudicado no período em decorrência do temporal que atingiu a cidade.

 

Saúde atualiza dados sobre a dengue na Capital em 2023

Primeira parcial do ano de 2023 indica 5.788 casos de dengue confirmados em Porto Alegre. No ano anterior, foram 5.142 casos da doença na Capital.
11/01/2024 15:55

Dados da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) indicam 5.788 casos confirmados de dengue em Porto Alegre até 30 de dezembro de 2023 (semana epidemiológica 52 do ano anterior). Do total, 5.286 foram contraídos na cidade, a maioria na Zona Leste. O bairro Vila São José reúne o maior número de casos, com 1.678 confirmações.

As notificações de suspeitas de pessoas residentes na cidade somam 9.144. Os dados são parciais e estão sujeitos a revisão pela Vigilância Epidemiológica da SMS. Dados finais de 2023 devem estar disponíveis a partir da segunda quinzena de fevereiro. Em 2022, foram confirmados 5.142 casos da doença na Capital.

O mesmo balanço indica 3.316 suspeitas descartadas, 19 casos com classificação final inconclusiva e 21 suspeitas em investigação. Três óbitos foram confirmados em decorrência de dengue em Porto Alegre em 2023.

Os dados estão publicados no boletim informativo semanal da Diretoria de Vigilância em Saúde (DVS) da SMS referente à Semana Epidemiológica 52 (24 a 30/12/2023). É considerada na análise a data de início dos sintomas dos pacientes notificados. As informações constam no banco do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan).

Ação no Belém Velho - Na quarta-feira, 10, agentes de combate a endemias da SMS percorreram ruas do bairro Belém Velho para prestar orientações sobre dengue e eliminação de criadouros de mosquito e, também, sobre leishmaniose visceral canina. A ação foi programada por solicitação de serviços de saúde e protocolo do serviço 156.

Saúde atualiza cenário da dengue na Capital

Zona Leste concentra maior número de casos na cidade.
04/12/2023 15:00

Dados da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) indicam 5.611 casos confirmados de dengue em Porto Alegre até 25 de novembro (semana epidemiológica 47). Do total, 5.075 foram contraídos na cidade, a maioria na Zona Leste. O bairro Vila São José reúne o maior número de casos até o momento, com 1.637 confirmações. As notificações de suspeitas de pessoas residentes na cidade somam 8.686. Os dados são parciais e estão sujeitos a revisão pela Vigilância Epidemiológica da SMS. Em 2022, foram confirmados 5.088 casos de dengue na Capital.

O balanço indica 2.509 suspeitas descartadas, 433 casos com classificação final inconclusiva e 133 suspeitas em investigação. Três óbitos foram confirmados em decorrência de dengue em Porto Alegre em 2023. Até a publicação do boletim informativo da semana epidemiológica 37, em setembro, eram informados quatro óbitos por dengue. A revisão ocorreu após o laudo de necropsia, cuja conclusão foi de óbito por complicações da Covid-19, em paciente com dengue confirmada (causa secundária da morte). Os dados estão publicados no Boletim Informativo semanal da Diretoria de Vigilância em Saúde (DVS) da SMS referente à Semana Epidemiológica de 19 a 25 de novembro.

É considerada na análise a data de início dos sintomas dos pacientes notificados. As informações constam no banco do Sistema de informação de Agravos de Notificação (Sinan).

Em relação ao mosquito Aedes aegypti, o Boletim da SE 47 indica infestação moderada na maioria dos 46 bairros monitorados com armadilhas. No entanto, cinco bairros tiveram infestação elevada na semana: Jardim Lindoia, Passo das Pedras, Costa e Silva, Vila Jardim e Aparício Borges. Confira a situação dos bairros neste link .