Jovens acolhidos pela Fasc recebem diploma em curso de fotografia

22/12/2022 08:35
Abrigo Osicom/Divulgação FASC PMPA
DESENVOLVIMENTO SOCIAL
São oficinas didáticas, práticas e experimentais nas ruas, com duração de 28 horas

Nesta quinta-feira, 22,¬†√†s 9h30, sete dos 11 adolescentes acompanhados por medidas de prote√ß√£o e risco social¬†em acolhimento institucional da Funda√ß√£o de Assist√™ncia Social e Cidadania (Fasc)¬†se formam em Curso Iniciante em Fotografia Digital. As aulas, ministradas voluntariamente pelo fot√≥grafo¬†Gabriel P√īncio, come√ßaram em abril.¬†S√£o oficinas did√°ticas, pr√°ticas e experimentais nas ruas, com dura√ß√£o de 28 horas. Para o presidente em exerc√≠cio da Fasc, Cristiano Roratto, o curso traduz um projeto de vida para os jovens. ‚Äú√Č uma alternativa de constru√ß√£o de uma identidade.‚ÄĚ

O coordenador da Associa√ß√£o Comunit√°ria Osicom, rede parceira da Fasc, Anderson da Rocha, refor√ßa as palavras de um dos meninos ao citar que a iniciativa √© muito mais que um curso. ‚ÄúAs oficinas de fotografia serviram como um espa√ßo de terapia. Atrav√©s das lentes, os meninos puderam registrar tudo aquilo que o cora√ß√£o falava.‚ÄĚ

Exposi√ß√£o fotogr√°fica - O material produzido no curso far√° parte de¬†uma exposi√ß√£o que funcionar√° durante a cerim√īnia de formatura, com dez¬†fotos de situa√ß√Ķes envolvendo moradores de rua. A mostra ter√° como tema¬†Trocando as lentes, um olhar cr√≠tico sobre uma sociedade oculta.

Acolhimento institucional - Porto Alegre possui 669 crianças e adolescentes entre 0 e 17 anos em 50 Unidades de Acolhimento. São 18 abrigos residenciais e 32 casas lares. Durante o acolhimento institucional, os jovens, entre 15 e 17 anos, são acompanhados por equipes multidisciplinares, que atuam no resgate da autonomia e autoestima.

As equipes da Prote√ß√£o Social Especial ‚Äď Alta Complexidade realizam, paralelamente, um trabalho entre os adolescentes e as fam√≠lias¬†por meio da Rede Socioassistencial¬†nos Centros de Refer√™ncia Especializados de Assist√™ncia Social (Creas). O trabalho tem o objetivo de retorno dos adolescentes √†s fam√≠lias de origem. Alguns por diversas situa√ß√Ķes permanecem em acolhimento at√© completar 18 anos.

 

Evelize Fabricio

Andrea Brasil