Serviço Bota-Fora é suspenso temporariamente para apoio às áreas de risco

03/05/2024 08:56
SMSURB / PMPA
SERVIÇOS URBANOS
Serviço beneficia cerca de 200 comunidades em vulnerabilidade social

Em função do aumento do nível do Guaíba e apoio às áreas de risco, o Bota-Fora está suspenso temporariamente. O serviço, promovido pelo Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU), ocorreria na comunidade Pitinga (Lomba do Pinheiro) nesta sexta-feira, 3.

A iniciativa surgiu de ações semelhantes realizadas esporadicamente pelo DMLU e tornou-se uma atividade permanente, que tem o objetivo de auxiliar a população a fazer o descarte de resíduos que não são recolhidos pelas coletas regulares. Podem ser dispostos eletrodomésticos, móveis quebrados, colchões, dentre outros objetos volumosos. Isso evita que material descartado irregularmente obstrua arroios, bocas de lobo e cause alagamentos. O projeto atende regiões em situação de vulnerabilidade social, beneficiando cerca de 200 comunidades.

Além do Bota-Fora, o descarte desses materiais pode ser feito diretamente em uma das Unidades de Destino Certo (UDC) do DMLU. As UDCs, também chamadas de Ecopontos, recebem madeira, móveis velhos e entulhos e estão estrategicamente distribuídas pela cidade. Para mais informações sobre os locais, acesse aqui. Para consultar as próximas comunidades a serem atendidas pelo primeiro ciclo do Bota-fora em 2024, clique neste link. O DMLU integra a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Smsurb).

 

Melissa Vasconcelos (estagiária)/Supervisão: Adriana Machado

Andrea Brasil

Acompanhe a prefeitura nas redes