Bota-Fora atende dez comunidades nesta semana

15/01/2024 06:23

O projeto Bota-Fora, promovido pelo Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU), realiza o serviço em dez comunidades desta terça-feira, 16, até a sexta-feira, 19. A ação ocorre a partir das 8h.

A iniciativa surgiu de a√ß√Ķes semelhantes desenvolvidas¬†esporadicamente pelo DMLU e tornou-se uma atividade permanente, que tem o objetivo de auxiliar a popula√ß√£o a fazer o descarte de res√≠duos que n√£o s√£o recolhidos pelas coletas regulares. Podem ser dispostos eletrodom√©sticos, m√≥veis quebrados, colch√Ķes, dentre outros objetos volumosos. Isso evita que material descartado irregularmente obstrua arroios, bocas de lobo e cause alagamentos. O projeto atende regi√Ķes em situa√ß√£o de vulnerabilidade social, beneficiando cerca de 200 comunidades.

A recomenda√ß√£o aos moradores dos locais atendidos √© que os materiais sejam disponibilizados em frente √†s resid√™ncias na noite anterior, ou at√© as 7h30 do dia do Bota-Fora. A divulga√ß√£o do servi√ßo √© feita por meio de cartazes colocados em unidades de sa√ļde, mercados, escolas, bares e associa√ß√Ķes de bairro.

‚ÄúO Bota-Fora oportuniza que os cidad√£os fa√ßam¬†o descarte correto de materiais e res√≠duos, que poderiam formar focos irregulares de lixo. Seguiremos vigilantes e fiscalizadores dos servi√ßos prestados √† popula√ß√£o, com o foco na zeladoria da cidade‚ÄĚ, ressalta o secret√°rio municipal de Servi√ßos Urbanos, Marcos Felipi Garcia.

O diretor-geral do DMLU, Paulo Marques, enfatiza a disposição correta de resíduos, lembrando o compromisso social da população. “O cidadão é peça chave no combate ao descarte irregular. Se cada um tiver a consciência de que todos os materiais têm um lugar apropriado para serem entregues, e que possuem valor financeiro se encaminhados para reciclagem ou reaproveitamento, poderemos construir um futuro melhor para nossa cidade e contribuir até mesmo com a geração de renda de quem vive da triagem dos resíduos'', completa.

Al√©m do Bota-Fora, o descarte desses materiais pode ser feito diretamente em uma das Unidades de Destino Certo (UDC) do DMLU. As UDCs, tamb√©m chamadas de Ecopontos, recebem madeira, m√≥veis velhos e entulhos e est√£o estrategicamente distribu√≠das pela cidade. Para mais informa√ß√Ķes sobre os locais, acesse aqui.¬†Para consultar as pr√≥ximas comunidades a serem atendidas pelo primeiro ciclo do Bota-fora em 2024, clique neste link.¬†O DMLU integra a Secretaria Municipal de Servi√ßos Urbanos (Smsurb).

                                    

Programação por comunidades:

Terça-feira, 16: Jardim Vila Verde (Hípica), Dorival Castilhos e Machado (Hípica), Loteamento Tapera (Hípica), Beco do Adelar (Hípica) e Salso (Restinga)

Quarta-feira, 17: São Pedro (Partenon), Valneri Antunes (Mário Quintana), Chácara da Fumaça (Mário Quintana) e Chico Mendes (Mário Quintana)

Sexta-feira, 19: Salvador França (Partenon)

*O DMLU esclarece que o programa Bota-Fora é realizado nas comunidades. Os bairros são colocados entre parênteses para facilitar a localização.

Melissa Vasconcelos (estagi√°ria) | Supervis√£o: Andiara de Freitas da Silva

Lissandra Mendonça